site Amigo da Luz

Nossa Vocação, Nosso Carisma

jesus"A originalidade das novas comunidades consiste freqüentemente no fato de se tratar de grupos compostos de homens e mulheres, de clérigos e leigos, de casados e solteiros, que seguem um estilo particular de vida, inspirado às vezes numa ou noutra forma tradicional ou adaptado às exigências da sociedade atual. Também o seu compromisso de vida evangélica se exprime de formas diversas, manifestando-se, como tendência geral, uma intensa aspiração à vida comunitária, à pobreza e à oração" (Papa João Paulo II, Exortação Apostólica Pós-sinodal sobre a Vida Consagrada e a sua Missão na Igreja e no Mundo, nº 62).

“Ungidos por Jesus para ser Luz, Luz da Vida”
O Pai das Luzes nos ungiu para ser Luz, Luz da Vida... Essa experiência nasceu do Sagrado Coração de Jesus que desejou desde a eternidade a nossa vocação, o nosso carisma.

Carisma é uma palavra que vem do grego ‘cháris’, ou seja, graça, dom. Portanto, carisma é um dom que o Espírito Santo concede ao homem para o serviço do outro. A partir desse dom somos impulsionados a caminhar ao encontro do próximo, a fazer de nossas vidas uma autêntica doação.

O carisma Luz da Vida inflama a alma de um povo eleito para iluminar as trevas do mundo, levantando a Igreja de Cristo como um missionário da voz de Deus para humanidade, como família do céu aqui na terra. Aqueles que são eleitos pelo Senhor para serem Luz da Vida recebem do próprio Deus uma moção (moção vem de mover) interior, um profundo desejo de levar a luz aos que estão sem vida, aos que por conta do pecado estão destruídos, estão distantes da comunhão divina. E é do Coração de Cristo que sai a força necessária para que a consagração Luz da Vida seja um sacrifício vivo e vivido.

A unção Luz da Vida age poderosamente sobre o consagrado Luz da Vida, o impulsionando a buscar incansavelmente uma profunda intimidade com o Espírito Santo. A Terceira Pessoa da Santíssima Trindade tem o importante papel de colaborar para a manifestação do carisma Luz da Vida. Este Espírito atua no consagrado visando o crescimento de sua vida interior, de sua vida de santidade.

É fundamental para o consagrado Luz da Vida, deixar-se ser conduzido pelo Espírito em seus pensamentos, sentimentos e atitudes, para assim, como Luz do Mundo, mostrar aos homens as boas obras que glorificam Deus Pai.

“Eu sou a Luz do Mundo; aquele que me segue não andarás em trevas, mas terá a Luz da Vida” (Jo 8,12).

Ser Luz da Vida é assumir o Evangelho em sua radicalidade mais sublime, sendo reflexo de Jesus. A experiência pessoal com Deus desperta no coração Luz da Vida a firme certeza de que Jesus é o único Senhor e Redentor, capaz de dar vida à alma, e isso deve motivar cada pessoa chamada a vivenciar o carisma. A partir daí, o fruto que se colhe é um ardente desejo pela salvação das almas, nos remetendo ao povo sofrido, ao povo que tem sede de Deus, por isso está desolado, enfraquecido, “como ovelha sem pastor” (cf. Mt 9,36).