site Amigo da Luz

Misericórdia para todos

11063682 1054288644617538 6024309953948556536 nO nosso Arcebispo Dom Washington Cruz, presidiu hoje (24/06) pela manhã o rito de abertura da Porta Santa aos peregrinos do Divino Pai Eterno na saída (trevo) de Goiânia para Trindade, no quilômetro zero da Rodovia dos Romeiros. Os devotos que saírem rumo ao Santuário Basílica no período da Festa do Divino Pai Eterno, de 24 de junho a 3 de julho, passarão por ela.

A Porta Santa representa o passo do pecado à redenção, da morte à vida, do não crer à fé. Jesus se descreve como “a Porta”. Precisamos entrar por Ele para chegar ao Pai. A porta é a via da salvação. Nesse rito, os fiéis são orientados a realizarem as condições habituais para obterem indulgências: profissão de fé, a oração pelo Papa e por suas intenções, a vivência da confissão e da comunhão sacramentais.

Abrir uma Porta Santa em anos santos ordinários é uma tradição instituída na Santa Sé, com intervalos de 25 anos. Mas pode também ser aberta durante anos extraordinários, como fez João Paulo II (1983), e o papa Francisco, em 8 de dezembro de 2015, ao inaugurar o Ano Santo da Misericórdia, que será encerrado em dezembro deste ano.

Em ato inédito, o papa Francisco concedeu permissão aos bispos para designar Portas Santas nas suas Dioceses, nesse Ano da Misericórdia, estendendo a todos os católicos a possibilidade de vivenciar essa experiência de fé, antes possível somente indo a Roma. Esta iniciativa do Papa tem forte simbologia dentro do Ano Santo da Misericórdia, pois representa que a misericórdia de Deus é para todos, todos são chamados à reconciliação.

Fonte: arquidiocesedegoiania.org.br

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar