site Amigo da Luz

O que é Lectio Divina?

lectio divina"Lectio Divina" ou "Leitura Orante da Bíblia" é um método de oração praticado desde os tempos mais antigos da Igreja (e também enquanto resquício da própria tradição das comunidades do Antigo Testamento. As comunidades liam os textos bíblicos que eram passados de geração em geração), ainda que tenha sido Orígenes (sec III) o grande "idealizador" deste conceito.

Contudo, a aplicabilidade sistemática deste método orante deve-se a grande contribuição de um monge cartuxo chamado Guigo (sec XII), o qual sugeriu o seguimento de quatro passos ou "degraus". Com o objetivo de partilhar a forma como compreender melhor o texto bíblico, resolveu escrever um pequeno livro que intitulou "A Escada dos Monges", no qual explicita a escada dos quatro degraus espirituais: a leitura, a meditação, a oração e a contemplação. São, pois, estes os quatro passos que compõem a Lectio Divina:

A leitura responde a pergunta: O que diz o texto? LEITURA: ler o texto várias vezes até criar uma maior familiaridade. Pronunciar bem as palavras. Entrar em contacto com o texto utilizando-se de muita atenção, respeito, escuta... É preciso ver o texto dentro do seu contexto e origem.

A meditação responde: O que diz o texto para mim, para mim? MEDITAÇÃO: Esse passo é um convite para que atualizemos o texto e consigamos trazê-lo para dentro do horizonte da nossa vida e realidade. A meditação é um ótimo espaço para que se medite e reflita o que há de semelhante e diferente entre a situação do texto com o presente. Depois, é importante resumir tudo o que foi ruminado numa frase. Essa frase ajudará a recordar durante o dia o que foi meditado. É um prolongamento da meditação. Aos poucos vai havendo uma relação do que foi meditado com a vida de quem está meditando.

A oração responde: O que o texto me faz dizer a Deus? ORAÇÃO: Praticamente a oração está presente em todas as etapas. É importante que haja uma transparência no ato da oração e que o orante seja realista. Ele pode usar o momento tanto para louvor, ação de graças, súplica, pedido de perdão, rezar algum salmo, recitar preces já existentes.

E a contemplação ajuda a responder: O que Deus fez em mim CONTEMPLAÇÃO: depois de ler, meditar e orar o texto bíblico e a sua realidade chegou a hora de contemplar todo esse percurso. A contemplação ajuda-nos a entender que Deus está presente na realidade. Pela contemplação é possível perceber a presença de Deus. E com isso somos convidados ao compromisso com a realidade.

Para aprofundar na leitura orante da palavra de Deus. Preste atenção nessas dicas que vão te ajudar a ter uma experiência com a sagrada escritura

a) Em primeiro lugar é a escolha do local, procure um local tranqüilo, ou melhor, local sagrado, onde provavelmente não ocorrerão quaisquer distrações;

b) É necessário que a Bíblia esteja ao nosso alcance para favorecer, sem interrupções, as fases da Lectio divina, bem como qualquer outro livro de orações ou de contemplação que lhe possa favorecer a unidade com DEUS;

c) É recomendável o silêncio para evitar que se distração por palavras, melodias e outras emoções, como também deixar o próprio DEUS falar;

f) Deve-se buscar o auxílio verdadeiro que vem do alto, do espírito Santo;

g) Poderá ocorrer momento de aridez e de conflitos interiores a medida do aprofundamento na “Lectio”, pois é de conhecimento que o próprio espírito nos desafia, do mesmo modo que nos conforta. Tempos de aridez são necessários e nos ajudam a movermos no sentido de níveis mais profundos de maturidade espiritual;

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar