site Amigo da Luz

Como entender uma citação bíblica?

biblia2

A ordem dos elementos é: o nome do livro em abreviatura, o número do capítulo e o número do versículo. Assim, Mt 5,12 corresponde ao Evangelho segundo São Mateus, capítulo 5, versículo 12. Se o livro só tiver um capítulo, aparece apenas o livro e o versículo. Assim, 2 Jo 12 para indicar 2.ª Carta de João, versículo 12.
Quando são citados vários versículos ou capítulos seguidos, estão unidos por um hífen: Mt 5,12-17 (Mateus, capítulo 5, versículos 12 a 17); Mt 5-6 (Mateus, capítulos 5 e 6); Mt 5,20-6,13 (Mateus do capítulo 5, versículo 20 ao capítulo 6, versículo 13, sem qualquer interrupção). Quando são citados vários versículos do mesmo capítulo, mas não todos seguidos, ficam separados por um ponto: Mt 5,12.14-17 (a citação pára no v.12 e continua do v.14 ao 17 inclusive, não incluindo o versículo 13).

Leia mais...

Novo Testamento, Antigo Testamento

Novo Testamento:

1)     1ª Carta de São João. (Duas vezes.)

2)     Evangelho de São João.

3)     Evangelho de Marcos.

4)     As pequenas cartas de São Paulo: Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, I e II Tessalonicenses, I e II Timóteo, Tito, Filêmon.

5)     Evangelho de São Lucas.

6)     Atos dos Apóstolos.

7)     Carta aos Romanos.

8)     Evangelho de São Mateus.

9)     I e II Carta aos Coríntios.

Leia mais...

O que é Lectio Divina?

lectio divina

"Lectio Divina" ou "Leitura Orante da Bíblia" é um método de oração praticado desde os tempos mais antigos da Igreja (e também enquanto resquício da própria tradição das comunidades do Antigo Testamento. As comunidades liam os textos bíblicos que eram passados de geração em geração), ainda que tenha sido Orígenes (sec III) o grande "idealizador" deste conceito.

Leia mais...

Lectio Divina, um encontro vivo com um Deus que ama

lectio

“Lectio Divina” é uma expressão latina já presente e consagrada no vocabulário católico, que pode ser traduzida como “leitura divina”, “leitura espiritual”, ou ainda como “leitura orante da Bíblia”. Tradicionalmente, a Lectio Divina é uma oração individual, porém pode-se fazê-la em grupo.

O importante é rezar com a Palavra de Deus, valorizando o que disse o Papa Bento XVI em um discurso no ano de 2005: “Eu gostaria, em especial, de recordar e recomendar a antiga tradição da Lectio Divina, a leitura assídua da Sagrada Escritura, acompanhada da oração, que traz um diálogo íntimo em que na leitura, se escuta Deus que fala e, rezando, responde-lhe com confiança a abertura do coração”.

Leia mais...

Na Bíblia busco a Jesus

biblia

Minha mãe Domênica me ensinou a amar e respeitar a bíblia. Ela não sabia nem ler e nem escrever, mas tinha em casa uma bíblia grandona, cheia de desenhos que ela guardava dentro do baú, junto com as coisas mais preciosas, as poucas fotos de meu pai, as imagens de Nossa Senhora do Conforto, e também o pouco dinheiro que tinha e era precioso para poder fazer frente às dificuldades do pós-guerra. Mas o meu encontro com a bíblia se deu aos meus vinte anos, quando entrando no Carmelo me deu vontade de ler a bíblia e pedi uma ao meu mestre, cuja resposta não foi muito animadora: “para que você quer ler a bíblia?” Deu-me uma bíblia em latim com uma recomendação: não leia o Levítico e nem o Cântico dos Cânticos”.

 Depois de muito trabalho e pesquisa encontrei os nefandos livros. Do Levítico não gostei muito, não despertou nenhum interesse naquele momento, mas gostei e muito do Cântico dos cânticos e compreendi que se todos os livros da bíblia são divinos o Cântico dos Cânticos é diviníssimo e “não suja nem as mãos e nem o coração”, como diz o rabino Bem Assai. Mas lentamente o meu amor pelo Antigo Testamento foi diminuindo e foi entrando um amor paixão pela Nova Aliança,  onde a pessoa de Cristo é fonte, centro, início e fim. Na Escritura comecei a buscar o rosto de Cristo, um rosto que cada vez mais me seduz, me encanta e me deixa enamorado deste Cristo que, tão humano e tão divino, se fez carne para revelar-nos o Pai e nos ensinar como devemos viver aqui e agora nesta terra  como pessoas felizes.

 

Leia mais...