site Amigo da Luz

A Mulher de Pentecostes

pentecostes-maria-2Maria é a mulher de pentecostes. Com ela aprendemos que viver cheios do da graça de Deus é uma conseqüência da vida de abando a Ele, numa disponibilidade constante para realizar a sua vontade. Responder positivamente ao Senhor é o princípio fundamental que a Mãe de Deus nos ensina com seu testemunho de amor.
Mulher de fé. A partir do encontro com Deus e consigo mesma, Maria renuncia seus planos e sonhos para assumir as razões da fé, em que o próprio Cristo é o centro de tudo. Sua esperança se renova e enriquece com a consciência cada vez mais clara e profunda de sua identidade de mãe do salvador. Da mesma forma, também encontraremos nossa identidade e realização mediante a fé e a vivência dos valores evangélicos (Lc 1, 38).
Mulher de Oração. A intimidade com Deus se constrói na experiência de se relacionar com Ele, o diálogo é o meio de descoberta da voz amorosa que edifica a alma. Para nós, essa experiência começa no inclinar de Deus que alcança o homem com sua misericórdia, é a comunicação do perdão e ao mesmo tempo a realização da salvação na vida daquele que crê, renovando assim o sentimento da alma e motivando missão de evangelizar.
Mulher do silencio. A escuta implica silêncio fecundo, aquele que antes é capaz de confiar todas as coisas ao coração de Jesus, que se vai configurando com o próprio coração. Assim Maria nos apresenta seu coração sem mancha para nos acolher e proteger, ensinando-nos o caminho do discipulado, para que jamais deixemos de estar aos pés do mestre (Lc 2, 19.51).
A mulher da cruz. Saber sofrer é descobrir o sentido e significado dos acontecimentos, é mergulhar na dor do crucificado para colher com Ele os mais belos frutos da ressurreição. Maria, a mulher das dores, comunica-nos que a submissão ao plano de Deus nos fortalece diante das adversidades e tribulações, levando-nos a compreender e apropriar dos tesouros da superação (Jo 19, 25).
A mulher cheia do Espírito Santo. Maria, envolvida por uma sabedoria sobrenatural, consola, anima e promove esperança no coração dos discípulos. Ensina-os a perseverar na oração e a fazerem da perseguição um caminho de comunhão, fortalecidos pela confiança nas palavras de Jesus. Assim, se alegra e se renova contemplando o derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecostes. Coroada como Rainha do Céu, Maria continua realizando esse mesmo papel para conosco, para que possamos testemunhar com nossa vida o Ressuscitado (At 1, 14).
Maria, mãe de pentecostes, possa nos apresentar o Cristo com a sua intercessão, para que sejamos sempre cheios do Espírito Santo. Feliz mês das mães, feliz pentecostes com Maria.

Luiz Antônio de Paula
Fundador da Comunidade Luz da Vida

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar