site Amigo da Luz

Devoções e Padroeiros

O nosso Carisma é grandemente enriquecido por meio da presença contínua e constante de grandes baluartes da Igreja. Ao longo de 14 anos de história, a Luz da Vida tem sido agraciada com pedras fundamentais, as quais nos edificam, nos constroem e são autênticos modelos para nós. Eles nos direcionam, nos amparam e nos apontam o Caminho para o céu. Conheça um pouco de cada uma destas singulares preciosidades.

Sagrado Coração de Jesus

CJ img 021

Da experiência com o “Coração de Jesus” nasce a unção Luz da Vida, é a partir deste Coração transbordante de misericórdia que fomos capacitados a desempenhar a missão que Deus nos confiou.  É do Coração de Cristo que emana toda força para que a consagração Luz da Vida seja um sacrifício vivo e vivido. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é para o carisma Luz da Vida a participação nos mesmos sentimentos de Cristo pela salvação das almas. É ter o coração inquieto diante da miséria humana corrompida pelo pecado e ler em si, a mesma sede de Deus em resgatar a humanidade.

“Vendo a multidão, ficou tomado de compaixão, porque esta enfraquecida e abatida como ovelha sem pastor” (Mt 9,36).
************************************
“Em seguida, sabendo Jesus que tudo estava consumado, para se cumprir plenamente a Escritura, disse: Tenho sede” (Jo 19,28).

O Carisma Luz da Vida nos remete à chaga do Coração de Jesus donde brilha uma luz eterna e jorra uma fonte de amor, ou seja, a chaga é sinônimo de dor, de machucadura, mas é do sofrimento, é da dor mais fecunda que brotam chamas incandescentes, chamas que ardem de amor.  O consagrado Luz da Vida deve ser consumido por este amor, de tal modo que ele repudie toda espécie de desamor, se tornando, pouco a pouco, prisioneiro do amor, de um “ amor que é forte como a morte” (cf. Ct 8,6), e que o leva a mergulhar sempre mais, para um lugar profundo... Esta prisão traz a autêntica liberdade.
Uma liberdade que só é encontrada por aqueles que fazem a opção de se aprisionar nos braços do Autor do Amor.  Opção que requer renúncia, disposição, garra, determinação e total dependência da vontade do Senhor.

Imaculado Coração de Mariamaria 640 4801

Maria é mãe da Luz da Vida, porque protege e guarda a riqueza do seu carisma, preservando-o em sua pureza e originalidade, mostrando-nos sempre o caminho de aprofundamento e renovação pelo Coração Sagrado de Jesus.

Somos chamados a aprender com Maria o caminho da Luz, o itinerário que a alma consagrada Luz da Vida deve trilhar para viver com fidelidade sua própria vocação. Nossa Senhora marca a história da nossa consagração (a esposa do Espírito Santo, a prenunciadora do plano de Deus para nossa vida); Ela nos mostra o caminho, renova o ânimo, não deixa faltar o fogo do amor (amor para a evangelização, para vivermos a nossa consagração, para lutarmos para nos dedicar a uma experiência missionária)...

Com os títulos Imaculado Coração de Maria, Nossa Senhora das Graças e Maria, Mãe da Luz da Vida, veneramos a Mãe do Verbo de Deus, e a partir de seu exemplo somos impulsionados a dizer o nosso sim fiel e definitivo a Deus. Esse sim nos traz a nossa realização pessoal (encontramos o sentido e passamos a dar o sentido devido a tudo que vivemos, até ao sofrimento)...

Aprendemos com Maria a apropriar da graça de Deus, reconhecendo que somos eleitos. Deus quis contar com Maria, então, podemos contar com Maria para que a vontade de Deus se concretize em nós. Quando buscamos Maria, ela nos apresenta Jesus; Com Maria aprendemos a amar Jesus e, conseqüentemente, amamos a nossa vocação.

São João da Cruz

joao

Padroeiro de nossa Espiritualidade e Formação. Somente depois de algum tempo que deu-se a Fundação da Comunidade, é que descobrimos que havíamos nascido no dia dedicado a ele, assim ele se tornou nosso padroeiro por este fato, e também porque no desdobrar da missão de nosso Fundador, Luiz Antônio de Paula, havia muitos traços de São João da Cruz, apesar de o Fundador na época não conhecê-lo.  São João da Cruz nos ensina a viver a radicalidade do Evangelho, fazendo-nos buscar, incessantemente, a identificação com Cristo em tudo: na dor da renúncia, na mortificação dos prazeres e gostos, no desapego dos bens terrenos. Somente quando a alma se encontra sem nada, livre, é que pode se encontrar com o Tudo, e assim viver o matrimônio espiritual com o Esposo.

“Tenha a alma o desejo contínuo de imitar a Cristo em todas as coisas, conformando-se à Sua vida, meditando-a para saber imitá-la, e agir em todas as circunstâncias como Ele próprio agiria” (São João da Cruz).

Santa Teresa de Ávila

teresa

Padroeira de nossa Espiritualidade e Formação. Doutora da Igreja e mestra da oração – a presença desta mulher forte impulsiona a nossa Comunidade a lutar paraviver uma oração encarnada, determinada e centrada na pessoa de Jesus. Com Santa Teresa, aprendemos que a oração é o caminho que devemos seguir para nos encontrarmos com Cristo, para vivermos com Ele uma profunda intimidade. A oração de contemplação nos faz conhecer toda a humanidade de Jesus e, a partir daí, experimentar um crescimento e uma maturidade para vivermos o matrimônio Espiritual com o Amado Esposo.

“A oração de intimidade com Deus não é outra coisa senão um morrer quase total a todas as coisas do mundo para alegrar-se só em Deus” (Santa Teresa de Ávila).

 

 

  São Francisco de Assis

saofrancisco
Padroeiro de nossas obras sociais. Este grande santo foi todo amor, foi doação plena àquele que trazia em si as marcas de um Jesus desprezado, humilhado, marginalizado e, principalmente que trazia em sua alma as lepras do pecado. Por ele, aprendemos a ver Jesus no outro, naquele que está enfermo, que está na marginalidade, que é a escória da sociedade. A face de Cristo escondida no rosto do irmão.

“Dentro da minha fraqueza, sinto-me destinado por Deus a iluminar o caminho do céu” (São Francisco de Assis).

Santo Antônio de Pádua

santoantonio

Padroeiro de nossas missões. Santo de devoção pessoal de nosso Fundador, o qual inclusive traz seu nome. É certo que nosso Fundador admira sua capacidade de vivenciar de modo desprendido a sua vida missionária, uma vez que Santo Antônio foi um pregador incansável, que anunciou a Palavra de Deus com coragem e determinação e que converteu muitos corações endurecidos por meio do seu testemunho de amor a Jesus Cristo. Somos impulsionados a apresentar ao outro a Luz da Vida que brilha em nós, testemunhando, àqueles que estão nas trevas, que a verdadeira Luz nasce do coração dos que realmente experimentam a Deus.

“Fala em várias línguas quem está repleto do Espírito Santo. As diversas línguas são o testemunho que devemos dar a favor de Cristo, a saber, humildade, pobreza, paciência e obediência” (Santo Antônio de Pádua).

São José

glcn000052000695

Padroeiro da Obra Luz da Vida. O nosso mais recente padroeiro. Foi eleito padroeiro da Comunidade em Março de 2010, por ocasião de uma grande dificuldade financeira que enfrentamos ao abraçar a evangelização na Televisão. Assim, lançamos o desafio para levar em frente a proposta, porém contando com a proteção e o auxílio do Pai da Divina Providência. Realizamos um jantar beneficente, e neste celebramos São José como nosso padroeiro, por percebermos de modo claro a sua intercessão mediante a esta obra de Deus que é a Luz da Vida. Assim, como já contávamos com a Mãe da Divina providência, nada melhor do que contar com o Pai da providência. São José, rogai por nós!!!   

“Tomei a São José por meu advogado e protetor e não me lembro de ter-lhe pedido algo que não me atendesse. É de pasmar a enormidade de graças que Deus me tem concedido por sua intercessão e o número de perigos da alma e do corpo de que tem me livrado” (Santa Teresa de Jesus).